3 de novembro de 2017

[Resenha] Outros jeitos de usar a boca - Rupi Kaur

"Você pode não ter sido meu primeiro amor
Mas foi o amor que tornou todos os outros
Irrelevantes"


Os pequenos poemas da Rupi Kaur já haviam dominado a internet quando o livro chegou ao Brasil. Reconhecê-los é fácil: a maioria deles fala sobre empoderamento feminino, amores (que podem ter dado certo ou não), corpo, sexo, e até mesmo sobre assuntos mais pesados, como machismo e abuso sexual, sempre acompanhados de uma ilustração simples que faça alguma referência ao texto.

Posso dizer que minhas impressões sobre o livro foram bastante bagunçadas entre si. Primeiro porque estava bastante ansiosa para conhecer o livro que tanta gente estava falando, inclusive pessoas nas quais confio muito no bom gosto e nas indicações, além de tratar de temas que muito me interessam. Porém, no fim das contas, terminei Outros jeitos de usar a boca confusa.

É inegável o reconhecimento que Rupi Kaur merece por se tratar de uma jovem poetisa indiana com traços feministas e que tem mais de um milhão e meio de seguidores nas redes sociais apenas com seus poemas. Porém, muita coisa do que vi no livro eu tive a impressão de 'já ter visto em algum lugar' - no caso, provavelmente, vi mesmo. Nas redes sociais.


Isso não tira, jamais, o mérito da autora. Porém, alguns outros textos eu realmente não havia visto. Mas eram tão parte do senso-comum, tão frase-feita, que não trouxe nenhuma novidade. Passaram batidos, e por vezes até com um gosto amargo na boca, de que com certeza a autora teria capacidade de criar coisas muito mais incríveis, assim como teve em outros momentos do livro.

Digo que minha opinião sobre ele é confusa porque apesar desses dois pontos que destaquei anteriormente, os textos que conseguiram me tocar me tocaram de uma forma única. Me tocaram de uma forma em que eu me senti contemplada, representada, compreendida. Parece que Rupi Kaur viveu comigo os últimos quatro anos da minha vida e os transformou em poema.

Desde a angústia dos amores devastadores, o trauma dos abusos, o quentinho no peito de um novo amor que vem pra esquecer o anterior. E sei que tudo isso não é porque sou especial, ou porque a autora e eu somos parecidas. É simplesmente pelo fato de sermos mulheres em uma sociedade onde isso é motivação para todo tipo de atrocidade. Rupi e eu passamos por isso. Minhas amigas que leram o livro também. As que não leram, idem. E é por isso, acredito eu, que o livro foi tão bem recebido.

Infos:
Título original: Milk and Honey
Autora: KAUR, Rupi
Editora: Planeta Brasil
ISBN: 9788542209303
208 páginas

Para comprar: Amazon | Submarino
(comprando através dos links do blog, a blogueira que vos fala ganha um dinheirinho pra investir em mais resenhas pra cá)

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigada pela visita e comentário!
Comentários com mera intenção de spam ou divulgação serão ignorados.

Todas as visitas são retribuídas (muitas vezes retribuo seguindo o blog em questão, para assim poder comentar uma publicação que seja interessante e acrescentar ao invés de só retribuir).

Beijos ^-^