24 de setembro de 2017

[Resenha] Desventuras em Série, vol. 9: O Espetáculo Carnívoro - Lemony Snicket

O pesar, um tipo de tristeza que ocorre com maior frequência quando você perde alguém que ama, é uma coisa traiçoeira, porque pode desaparecer por um longo tempo e depois ressurgir quando você menos espera.

O Espetáculo Carnívoro é o nono livro de Desventuras em Série. Para ler as resenhas dos livros anteriores, clique aqui.

Depois de escaparem mais uma vez das ciladas armadas por Conde Olaf - dessa vez, fugindo de um hospital em chamas -, Violet, Klaus e Sunny viram o jogo: dessa vez, são eles quem perseguem o vilão ao entrarem escondidos no porta-malas do carro onde ele viaja com sua trupe. De lá, os órfãos podem ouvir os planos malignos do grupo, mas não se amedrontam e seguem com o objetivo.

O que os irmãos não imaginavam era que o destino final seria um circo bizarro e pouco frequentado onde aberrações se apresentavam em um espetáculo movido a comilança e violência, encontrariam uma vidente que sempre revelava seu paradeiro ao Conde, além de acabarem eles mesmos se tornando aberrações, precisando se disfarçar para fugir do vilão.

Esse é realmente o livro onde o jogo vira e acaba com aquela fórmula cansativa e repetitiva dos irmãos fugindo do vilão, passando de tutor em tutor para, no fim das contas, descobrir o Conde disfarçado em algum canto da história. Dessa vez, quem engana o vilão são os Baudelaire, se vestindo como aberrações que têm interesse em participar dos espetáculos do circo.

É também o livro que mais me chocou: apesar de a morte e outros temas bizarros serem tratados com extrema naturalidade durante toda a série, eu terminei esse livro com uma dor no coração fora do comum. As cenas desse volume me chocaram e me fizeram refletir sobre o fato de essa série não ser exatamente uma série infanto-juvenil. 

A história é permeada pela dualidade, pelo incentivo a enxergar os dois lados de todas as situações. Pela primeira vez vemos os órfãos sob uma perspectiva diferente da de vítima, que é mostrada durante os volumes anteriores. Dessa vez, quem está no papel de vítima é o vilão, ele é quem caiu na armadilha e nos disfarces de Violet, Klaus e Sunny. Isso mostra um amadurecimento na história e nos próprios personagens, que passaram a usar as mesmas armas que o vilão para atingirem os seus objetivos.



O mistério do C.S.C finalmente começa a ser desvendado, apesar do final trágico e sem muitas respostas. A presença da vidente é constante e, até o momento, foi a personagem secundária na qual mais me apeguei. Talvez nem os protagonistas tenham me conquistado tanto, tendo em vista a repetição incessante de seus trejeitos. 

Apesar do amadurecimento aparente (até mesmo por conta da idade, que vai avançando durante a série), os órfãos continuam a repetir as mesmas características desde o primeiro livro, e isso começou a se tornar cansativo - a bebê que morde tudo, a inventora que prende o cabelo com a fita e o menino que gosta de ler. Isso poderia ter sido melhor explorado.

Em contrapartida, os assuntos também passam a ser mais sérios e menos fantasiosos, como é o caso das aberrações do circo: nenhuma delas é uma aberração de verdade, apenas uma pessoa com características diferentes, como um corcunda, uma contorcionista e um ambidestro. Fica a reflexão sobre a aceitação das diferenças e a desconstrução do que é tido como normal.

Posso dizer que, até o momento, foi meu livro favorito da série, principalmente por conta dessa quebra com os anteriores, pelas reflexões mais profundas e pelo amadurecimento da história (embora o dos personagens ainda deixe a desejar).


Infos:
Título original: A Series of Unfortunate Events - The Carnivorous Carnival
Autor: SNICKET, Lemony
Editora: Seguinte
ISBN: 9788535919721
235 páginas


Para comprar: Amazon | Submarino
(comprando através dos links do blog, a blogueira que vos fala ganha um dinheirinho pra investir em mais resenhas pra cá)

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigada pela visita e comentário!
Comentários com mera intenção de spam ou divulgação serão ignorados.

Todas as visitas são retribuídas (muitas vezes retribuo seguindo o blog em questão, para assim poder comentar uma publicação que seja interessante e acrescentar ao invés de só retribuir).

Beijos ^-^