22 de março de 2016

[Resenha] Como eu era antes de você - Jojo Moyes

O mundo ao nosso redor pareceu encolher, até que ele fosse somente o som da tempestade, o mar azul-escuro cor de malva e as cortinas finas delicadamente se inflando. (...) Alcancei a mão de Will e a segurei entre as minhas. Pensei, por um instante, que nunca mais me sentiria tão intensamente conectada ao mundo, a outro ser humano, como naquele momento

Louisa Clark tem 26 anos e, diferente de sua irmã prodígio, nunca fez nada de muito interessante na vida. Não era a primeira aluna da classe, não é exatamente inteligente, e acaba de perder seu emprego em um pequeno café que era seu mundinho particular.

Como Lou é uma das responsáveis por grande parte do dinheiro que entra na casa, ela logo precisa encontrar uma outra ocupação. Entre tentativas frustradas, como uma fábrica de frangos, e o desespero que não conseguir ajudar seus pais nas contas domésticas, a garota acaba aceitando um emprego um tanto quanto improvável: ser a cuidadora de um jovem rapaz tetraplégico.

O jovem em questão é Will Traynor - um ex-executivo de sucesso que acabou perdendo os movimentos dos braços e das pernas depois de um atropelamento. A família de Will parece não gostar muito da presença espalhafatosa de Lou (e por vezes, o próprio rapaz demonstra detestar tê-la por perto) o que torna o trabalho ainda mais árduo e esquisito para ela.

As coisas só começam a mudar quando, por acaso, Lou ouve uma conversa entre a mãe e a irmã de Will: o plano dele é, em dentro de 6 meses, dar entrada em uma clínica que promove o suicídio assistido, na Suíça. A notícia pega Louisa de surpresa e seu primeiro impulso é abandonar o emprego na mesma hora. Porém, após súplicas as de Camilla Traynor, ela resolve aceitar continuar no emprego com uma condição - a de tentar convencer Will a viver.

A partir daí são muitas semanas de planos mirabolantes e tentativas de tirar Will de dentro de casa, mostrar que a vida pode ser boa, apesar de sua condição. O que era pra ser uma tentativa apenas para ele, acabou sendo uma grande aula para Louisa Clark de como aproveitar o melhor de seus dias. Aos poucos, ele vai colocando na cabeça de Lou como viver naquela cidadezinha apenas sendo cuidadora é uma perda de tempo para alguém como ela, que tem todo um horizonte a ser desbravado.


É impossível não se apaixonar pela história de Como eu era antes de você e seus personagens. Clark não é o tipo de protagonista que estamos acostumados em histórias desse tipo. Ela é alegre, perseverante e muito autêntica - o que fica claro quando o assunto são suas vestimentas! Will, apesar de muito rabugento e mau-humorado no começo do livro também conquista nossos corações aos poucos, conforme vamos entendendo melhor motivos para cada atitude que é tomada.

Não achei que fosse gostar tanto desse livro. Sinceramente, o que atiçou minha curiosidade foi o fato da adaptação cinematográfica chegar aos cinemas em breve. Mas não me arrependo de forma alguma! Como eu era antes de você pode por vezes nos deixar com o coração apertado, mas também nos tira muitas risadas e sorrisos, e deixa uma mensagem muito real de como podemos aprender com cada acontecimento de nossas vidas, por piores que eles sejam.

Recentemente a editora Intrínseca lançou a continuação da história - Depois de você. Não vi críticas muito positivas a respeito da história e estou com muito receio de ler. Mas quem sabe, né? Se você ficou com um gostinho de quero mais e com saudades de Louisa Clark, corre conferir!
Infos:
Título original: Me before you
Autora: MOYES, Jojo
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580573299
320 páginas
Livro cedido para resenha pela editora
Para comprar: Submarino | Americanas | Amazon
(comprando através dos links do blog, a blogueira que vos fala ganha um dinheirinho pra investir em mais resenhas pra cá)

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigada pela visita e comentário!
Comentários com mera intenção de spam ou divulgação serão ignorados.

Todas as visitas são retribuídas (muitas vezes retribuo seguindo o blog em questão, para assim poder comentar uma publicação que seja interessante e acrescentar ao invés de só retribuir).

Beijos ^-^