27 de julho de 2015

Projeto jornalista: terceiro semestre

Oi! Esse é mais um post da série Projeto Jornalista. Pra ver os outros é só clicar aqui.

O terceiro semestre da faculdade foi, de longe, o mais estressante até agora (embora já tenham me adiantado que o quinto e sexto são os piores). Nesse semestre, tive aulas de economia, filosofia, semiótica, radiojornalismo A, telejornalismo A, antropologia cultural e jornalismo comunitário. Eram, sim, muitas disciplinas, mas a maioria delas não era diretamente ligada ao jornalismo.

(uma expressão que resume o semestre)

Tive mais dificuldade em semiótica e economia. A primeira por ser muito teórica e com muitos textos pra ler e conceitos pra decorar (sem contar que foram as provas mais difíceis do semestre, mas com certeza a matéria mais legal). Em economia minha dificuldade foram os termos mais técnicos e os artigos semanais que tinham que ser entregues, mas num geral consegui contornar essas dificuldades.


As matérias práticas foram as com maior aprendizado. Tanto telejornalismo, como radiojornalismo, eram matérias práticas e que nos colocavam totalmente na pele do jornalista\repórter. Pra telejornalismo produzimos dois telejornais, com reportagens produzidas em duplas. Na primeira edição minha pauta caiu de última hora e não consegui concluir (mas acabei compensando apresentando um quadro cultural) e na segunda edição produzimos uma reportagem sobre violência obstétrica e parto humanizado, e foi uma experiência incrível! Além disso, deixei o medo de lado e fiz meu primeiro link ao vivo no telejornal. Você conferir os dois telejornais que produzimos aqui e aqui.
(por favor: eu na tv!!!!!)

Radio sempre foi uma disciplina complicada pra mim, já que odeio minha voz e ela é um tanto quanto... infantil. Mas nesse último semestre aprendi a gostar! Também produzimos um radiojornal que foi muito elogiado pelo professor, e o grupo todo atingiu a nota máxima.

Enfim, essas duas disciplinas reacenderam não só em mim como em muitos colegas de sala o amor pelo que iremos fazer daqui pra frente. Esse semestre foi muito puxado e muito estressante pra todo mundo, mas ver o resultado de todo o esforço valeu a pena - e não, não é mais um clichê. Em uma das últimas aulas de telejornalismo estávamos dividindo nossas experiências produzindo nossas reportagens e no fim acabamos todos com os olhos cheios de lágrimas, inclusive a professora! Senti muito orgulho dos trabalhos que desenvolvi esse semestre.

Além das aulas a noite, fui monitora da disciplina de Introdução ao Jornalismo Impresso no período da manhã, e foi mais uma experiência que me fez aprender e crescer muito! Concluí essa disciplina no meu primeiro semestre do curso e optei pela monitoria pois é a área que mais me identifico. Mesmo estando lá todos os dias pra auxiliar os alunos, acabei aprendendo muito coisa nova e percebendo que o jornalismo é uma área em constante movimento e que sempre terei mais coisas a aprender sobre ela, sempre. A monitoria foi muito, muito boa pra minha formação, e aconselho a todos que se aventurem como monitores pelo menos uma vez durante a graduação.

(o glamour de ser a produtora, só que não)

Ah! Eu também tive a oportunidade de participar de um ciclo de palestras muito bacana, que faz parte do Prêmio de Jornalismo de Agronegócio organizado pela ABAG-RP. Foram 3 dias em diversas cidades visitando industrias ligadas ao agronegócio brasileiro, centros de pesquisa como a Esalq-USP e também diversas palestras sobre o assunto, com alunos de outras universidades e com profissionais da área. Tudo isso tinha como objetivo o aprendizado para, posteriormente, conseguirmos produzir nossa reportagem para concorrer ao prêmio. Eu tinha em mente o tema e inclusive as fontes, mas como isso aconteceu no finalzinho do semestre e precisávamos da orientação de um professor para produzir essa reportagem, acabou não dando tempo de enviar para participar. Mas a experiência já valeu a pena e com certeza voltarei nos próximos anos!

(participantes do ciclo de palestras)

Pro próximo semestre já pressinto o desafio. Muitas disciplinas novas e práticas, minha primeira atividade autônoma do curso, e uma coisa que tenho em mente desde que ingressei no curso: vou começar meu projeto de iniciação científica! O tema é bem próximo do que quero seguir (jornalismo online) e sei que será bastante puxado, mas muito recompensador. Além disso tudo, desde o começo do ano participo do grupo de dança da minha faculdade, que foi uma oportunidade incrível de voltar a dançar e fazer exercícios e ainda ganhar uma graninha. Ou seja: como vou conciliar tudo isso? É uma ótima pergunta e que eu só saberei a resposta daqui 6 meses.

2 comentários :

  1. Adorei, Ana! Me deu saudade da minha época de faculdade de Jornalismo! <3 (Eu também me interessava mais pelo impresso!)
    Beijos e boa sorte com o próximo semestre,
    Brenda
    http://sobrelivrosetraducoes.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Brenda, com certeza quando eu terminar a faculdade e reler esses posts vai me dar uma saudadinha também! hahahah Obrigada <3

      Excluir

Obrigada pela visita e comentário!
Comentários com mera intenção de spam ou divulgação serão ignorados.

Todas as visitas são retribuídas (muitas vezes retribuo seguindo o blog em questão, para assim poder comentar uma publicação que seja interessante e acrescentar ao invés de só retribuir).

Beijos ^-^