13 de maio de 2015

[Resenha] Pequenas Grandes Mentiras - Liane Moriarty

Oito pessoas, incluindo a vítima, estavam na varanda na hora do incidente. Sabemos quem são. Elas sabem quem são e o que viram. Dizer a verdade é a coisa mais importante que uma testemunha tem a fazer.

Meu primeiro contato com a autora foi através do livro O Segredo do Meu Marido, já resenhado aqui no blog, e que recebi como presente de boas vindas da editora Intrínseca por ter sido aceita na seleção de parceiros de 2014. Teria maneira melhor de encerrar o ciclo do que com a mesma autora que o iniciou? Pequenas Grandes Mentiras foi meu último livro solicitado à editora, e eu não poderia ter feito melhor escolha!

O livro se passa na Austrália, país de origem de Liane, em uma cidadezinha com uma única escola pública de ensino fundamental, que é todo o pano de fundo da história. Três mulheres são as personagens principais: Madeline, que atualmente sofre com a escolha de sua filha adolescente em ir morar com a nova família do pai; Celeste, mãe de gêmeos e num relacionamento muito conturbado com seu marido; e Jane, mãe solteira que acabou de se mudar para a região.

Tudo começa quando Jane se muda para a cidade e, no primeiro dia de seu filho da escola nova, ele é acusado de agredir uma das suas colegas de sala. A partir daí, todos os pais da escola se dividem. Alguns, apoiando Jane, outros, acusando-a de não educar corretamente seu filho e apontando outros aspectos de sua vida pessoal, como o fato de ser mãe solteira.

A coisa piora a partir do momento em que Ziggy, seu filho, é acusado de cometer bullying com a garotinha agredida no primeiro dia de aula. O menino nega, assim como negou a agressão, mas os pais seguem furiosos e organizam até mesmo um abaixo-assinado para que Ziggy seja expulso da escola.

Jane estava decidida a deixar a cidade, apesar das suplicas das amigas Madeline e Celeste, até que em um evento para pais da escola, um acidente acontece. Uma pessoa cai da varanda e morre. Todos afirmam ter sido um acidente, porém, a polícia acredita na hipótese de assassinato, e passa a investigar todos os presentes no evento e no local onde o suposto crime ocorreu.

A fórmula da autora e sua narrativa seguem o mesmo que em O Segredo do Meu Marido: uma cidade pequena na Austrália, pessoas muito próximas e que conhecem pequenos detalhes das vidas pessoais das outras. O que me chamou atenção de verdade foi a forma como a história foi conduzida.

Desde a primeira página do livro o leitor sabe que alguém morreu. O mistério que fica no ar é: quem morreu? Em quais circunstâncias? Foi realmente um acidente, ou a polícia tem razão ao cogitar um assassinato?

Todas essas perguntas vão se emaranhando ainda mais na cabeça do leitor ao passo que a história avança. Cada capítulo é dividido entre o que acontecia na cidade e nas casas meses, semanas e dias antes da tragédia e trechos dos depoimentos dados ao delegado que investiga o caso. Tudo isso contribui para que seja impossível soltar o livro enquanto todas as perguntas não são devidamente respondidas.

Além de todo o mistério que ronda a vida dos personagens, muitos segredos são revelados ao longo da trama. Assuntos pesados e importantes como abuso sexual e violência doméstica são tratados da forma mais real possível. Dói no leitor a dor das mulheres que sofreram o que é relatado, e dói mais saber que isso não acontece somente na ficção.

Mesmo em seu segundo livro traduzido para o Brasil, já é possível reconhecer uma história de Liane Moriarty sem saber que foi escrita por ela, tão fortes e únicos são os pequenos detalhes que contribuem para seu estilo de narrativa. Com certeza recomendo, e aguardo ansiosa por mais títulos da autora publicados no Brasil!

Infos:
Título Original: Big Little Lies
Autora: MORIARTY, Liane
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580576795
400 páginas.
Livro cedido para resenha pela editora.
Para comprar: Submarino | Americanas
(comprando através dos links do blog, a blogueira que vos fala ganha um dinheirinho pra investir em mais resenhas pra cá) 



0 comentários :

Postar um comentário

Obrigada pela visita e comentário!
Comentários com mera intenção de spam ou divulgação serão ignorados.

Todas as visitas são retribuídas (muitas vezes retribuo seguindo o blog em questão, para assim poder comentar uma publicação que seja interessante e acrescentar ao invés de só retribuir).

Beijos ^-^