29 de abril de 2014

[Resenha] A Visita Cruel do Tempo - Jennifer Egan

Em que momento exato você se desviou só um pouquinho da vida relativamente normal que vinha levando até então, em que momento ela se desalinhou de maneira infinitesimal para a esquerda ou para a direita, embarcando assim na trajetória que acabaria por levá-lo para onde se encontra agora?



Oi gente!
Estou tentando colocar minhas resenhas em dia - são pelo menos 4 livros que fiquei adiando. 

Hoje vou falar sobre A Visita Cruel do Tempo, da autora Jennifer Egan. Quando trabalhava na livraria, namorei por muito tempo esse livro, mas a oportunidade só surgiu agora. 
Foi ganhador do prêmio Pulitzer na categoria Ficção, além de ser muito aclamado pela crítica mundial.

No livro, não há protagonistas. Todos os personagens são "principais" e igualmente importantes para a construção da trama, que busca retratar a passagem do tempo através de diferentes gerações. Alternando entre passado - década de 70 -, o presente e o futuro, o livro em seus 13 capítulos dá diferentes visões de uma mesma história.

A história se inicia com Sasha, uma cleptomaníaca que descreve todas suas experiências para seu terapeuta. A partir daí, todos os personagens estão interligados - Bennie Salazar, seu ex-chefe e um grande produtor musical; Rhea, sua amiga de adolescência; Lou, mentor de Bennie; Dolly, relações públicas em fim de carreira que trabalho com a ex-mulher de Bennie, dentre outros.

Enfim. De alguma forma, todos os personagens estão ligados, retratados em capítulos que utilizam-se dos mais diversos tipos de escrita. Alguns em 1ª pessoa, outros até em 2ª, e o incrível capítulo escrito apenas em gráficos, setas e slides.

É um livro que retrata, de forma nua e crua, o impacto que o tempo tem em nossas vidas. Não há uma história concreta, cada capítulo pode ser lido isoladamente, pois trás histórias paralelas de cada personagem, mas que ajudam na montagem final.

Adorei o estilo de escrita da Jennifer! Com certeza é um grande merecedor do Prêmio Pulitzer.

Quero destacar o capítulo que mais me chamou atenção - Como vender um General - onde Dolly presta serviçoes a um general acusado de genocídio que tenta reconstruir sua imagem pública.

Amei também a capa e como ela sintetiza exatamente a ideia central do livro: se observar bem, você consegue distinguir diferentes contornos de partes do corpo. Mãos, rostos, olhos... Todos sobrepostos.

Foi com certeza um dos melhores livros que li esse ano!

Infos:
Título Original: A visit from the goon squad
Autor: EGAN, Jennifer
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580571295
336 páginas.
Para comprar: Submarino | Americanas 
(comprando através dos links do blog, a blogueira que vos fala ganha um dinheirinho pra investir em mais resenhas pra cá)



4 comentários :

  1. Já tinha lido o primeiro capítulo desse livro, mas não fiquei muito interessada.
    Depois da sua resenha isso mudou, fiquei curiosa em saber o restante do livro. Parece ser bem legal e diferente.
    Beijos!
    Borboletas Literárias

    ResponderExcluir
  2. Apesar de ter achado o tema da história interessante eu reconheço que a mesma não faz meu estilo de leitura e nem despertou meu interesse.
    Parece ser um bom livro para outros tipos de leitores.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu li esse livro logo que foi lançado, incomodei muito meu namorado pra que ele me desse e morri de raiva por ter feito isso depois. :/
    Eu tive que reler diversas vezes diversas partes pra compreender a história, apesar da temática simples do enredo o modo como a Jennifer construiu todo o ambiente foi bem confuso e desestimulante pra mim, fiquei super frustrada.
    Mas eu amei a edição, a Intrínseca fez um trabalho espetacular!

    http://livretoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá

    As opiniões sobre esse livro são as mais diversas, mas na maioria dos casos são bem negativas. Vi muita gente criticando por ele ser um pouco confuso e cansativo e por isso, mesmo tendo ganhado um prêmio tão importante, nunca dei atenção a ele.
    Sua resenha tirou um pouco da mau impressão que eu tinha dele, mas ainda assim acho que não faz meu estilo de leitura.

    Beijos
    http://mundo-de-papel1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e comentário!
Comentários com mera intenção de spam ou divulgação serão ignorados.

Todas as visitas são retribuídas (muitas vezes retribuo seguindo o blog em questão, para assim poder comentar uma publicação que seja interessante e acrescentar ao invés de só retribuir).

Beijos ^-^